NYFW | Tudo o que você precisa saber & os três primeiros dias.


Ah, nada como as tão aguardadas semanas de moda pra agitar um pouco o ano. Começou na última quarta-feira (11.02), em New York a temporada internacional de desfiles para o inverno/outono 2016, e está repleto de estreias e mudanças. Mas não é só lá, por aqui também temos novidades. Agora o De Volta ao Básico possui um colaborador! Meu querido amigo Guilherme Melo, vai me ajudar a tratar de diversos assuntos ligados a moda e o universo paralelo a ela, melhorando ainda mais o conteúdo do blog, para vocês. Então, nada melhor do que ele ter sua estréia por aqui, tagarelando comigo sobre o New York Fashion Week.

Com estreias e mudanças, essa será a última edição do evento a ser sediada no Lincoln Center e patrocinada pela Mercedes-Benz, que após, 5 anos termina a parceria (tendo como motivo um processo movido por ativistas comunitários). Assim, a partir de setembro, o nome oficial do evento deixa de ser Mercedes-Benz Fashion Week e passa a ser New York fashion week (como já chamávamos faz  tempo). De longe, essa é uma das menores novidades do evento.A nova coleção da marca Oscar De La Renta é uma das estreias mais aguardadas. Depois da morte do estilista que dá nome a marca,  que perdeu sua luta contra o câncer, em outubro de 2014, o designer Peter Copping foi escolhido para ser o novo diretor criativo da grife. A primeira vez do estilista Tim Coppenso também é bem esperada. Tim vai se aventurar no universo feminino, depois de quatro anos dedicados exclusivamente à ala masculina, e apresentará 12 looks inspirados no músico Ian Brown (vocalista da banda Stone Roses), definindo sua coleção em uma forte conexão com a cultura jovem e com influências do esporte e streewear.

No dia 11.02 ocorreu o baile amFAR, tradicional evento que traz fundos para apoiar a pesquisa sobre a AIDS, dando o pontapé inicial na semana de moda. Ele contou com a presença de alguns nomes famosos, como Paris & Nicky Hilton, Kendall JennerCoco Rocha, Naomi CampbellWhoopi GoldbergToni Garn e Karlie Kloss.

 
 
dia 11.02
 
|Ji Oh|
Estruturado mas ao mesmo tempo descontraído. Sober mas glamoroso. Elemental mas sofisticado. Este são alguns termos que descrevem com precisão o manifesto da alfataria de Ji Oh, fashion designer emergente, diretamente da Coreia do Sul, que está consolidando seu estilo de forma bem dinâmica.
|Trina Turk|

A coleção de Trina Turk  celebra o 20º aniversário da marca, através de encantadoras estampas  brilhantes e cores bem desenvolvidas, com certa inspiração retro. O estilo californiano icônico tão característica dos projetos de Turk, não falta, e dessa vez mistura-se aos anos cinquenta e sessenta que tão um toque especial. Diversidade é a próxima característica da coleção, que traz mini vestidos, macacões, calças e saias, mas sempre com um tom bastante elegante. Os pontos de cor são bastante presentes em toda a coleção.
 |See By Chloé|

Um das coleções que mais chamou atenção logo no primeiro dia, tem o estilista alemão Karl Lagerfeld, diretor criativo da Chanel e da Câmara Italiana de Fendi, como uma das principais influências. Lagerfeld, em essência, foi quem fez Chloe uma das marcas mais simbólicos da década de 1970, trazendo grandes nomes, como Jackie Kennedy, Brigitte Bardot, Maria Callas e Grace Kelly a se tornarem clientes da marca. Toda a coleção é bastante intrigante e como um estudante francês que ama biblioteca juntamente com um bom senso de moda, a  impressão é de que foi tomada diretamente de uma pintura de um filme.
 |Hellessy|

Não escapando do clássico, misturado com os encantos dos anos 20, a coleção explora o lado da mulher mais sensual e ao mesmo tempo delicada. A cor de 2015, Marsala, acaba sendo o destaca da linha, que em diversos tons, sobressai das demais.
dia 12.02
 
 |BCBG Max Azria|

”Texturas e padrões são mergulhados com facilidade, criando uma elegância home-spun”, disse Lubov Azria, o diretor de criação da BCBG Max Azria sobre sua última coleção. Dos tons mais claros aos mais escuros, a coleção inteira é uma obra de arte, tomando como referência nata o tempo e características do Norte.
  
|Creatures of the Wind|

A marca é impulsionada por um conceito e narrativa simples, com inspiração a partir de subculturas subversivas e temas mitológicos, centrando-se na juventude, assim traduzindo tudo isso em peças, que focam-se na metálica acompanhada do preto, cores neutras e vestidos despojados que referenciam o nome da marca.

 

|Kanye West for Adidas|

O grande destaque do dia 12, foi a estreia da primeira linha de roupas de Kanye West em parceria com a Adidas, a coleção de nome “Yeezy: Season 1” é completamente sóbria, apresentando tons fechados e terrosos como preto, verde musgo e marrom, as peças ficam por conta das desconstruções, sobreposições e os sneakers, ponto alto da linha, apresentando jaquetas bombers, casacos e calças, bem como costumamos ver Kanye desfilando por aí. Na coleção é possível identificar a inspirações de Kanye em seus designers favoritos (Alexander Wang e Martin Margiela) e em sua mulher Kim Kardashian, bem com o estilista já disse em algumas entrevistas. Kanye conseguiu trazer uma multidão de famosos para prestigiar sua estreia, a primeira fila contava com: Kim Kardashian (obviamente), Jay Z, Rihanna, Beyoncé e Anna Wintour. Além disso, Khloe Kardashian, Kris Jenner, e Kendall Jenner, acompanhada de Justin Bieber e Big Sean, marcaram presença no backstage. A irmã mais nova das Kardashian, Kylie Jenner, também fez sua estreia desfilando para a marca.



 |Red Valentino|

A coleção Inspirado em Kurt Cobain, trouxe logo nos primeiros dias do evento uma atmosfera romântica e sonhadora, com estilo retro encantador bem destacado (A coleção é cara da Blair Waldorf, personagem do seriado Gossip Girl, não é?). Como sempre, Maria Grazia Chiuri e Pierpaolo Piccioli conseguiram nos levar para o mundo imaginário, com seu talento de injetar tanta inocência e sedução lunática para suas criações. A grande diversidade de estilos, cores e os pequenos detalhes alucinantes, contribuem para acarretar imensa fofura e são um dos motivos que fazem você se apaixonar pela nova linha RED Valentino.

 

|Polo Ralph Lauren|

Trazendo diversidade e um estilo casual de uma maneira  bem fácil, destacamos uma gama de peças confortáveis ​​e elegantes, com bastante a atitude formal peculiar, que são tão fáceis de misturar e combinar .Com vestidos para o cotidiano, tops e calças, era tudo o que precisamos ver para esse inverno.

 

|Coach|

Com uma linha inteira  para se apaixonar, Coach investe em peças partir do frio e apresentou acessórios incrivelmente chiques e da maneira fácil de se combiná-los, todos em uma imagem fantástica do dia-a-dia. É uma coleção daywear, repleta de opções quentes e agasalhos para o outono e inverno, calças elegantes, saias e tops, bem como sapatos e bolsas.
  
|Red Dress Collection|
A coleção lotada de vestidos vermelhos contou com uma pista repleta de estrelas, como Zendaya e as meninas do Fifth Harmony, obtendo um excelente desempenho, e tudo por uma boa causa! Go Red For Women Red Dress Collection ajuda a aumentar a consciência para a doença cardíaca em todo o país.
dia 13.02
 
|Jason Wu|
Para Jason Wu, o inverno é algo que pode ser totalmente luxuoso e elegante. As peças são claramente direcionadas para as mulheres modernas cosmopolitanas, que fazem o seu melhor para ter um olhar moderno e elegante, durante o cotidiano agitado. É uma coleção para as senhoras de negócios e para os apaixonados em desenhos simplistas, incorporados com uma grande dose de feminilidade.



















 |Monique Lhuillier|

Enquanto tantos designers se voltaram para os anos 70, Lhullier preferiu caminhar de volta para o rugido dos anos 20, com um toque de ’70s de glamour e coisas para apimentar o caminho da mulher durante todos esses anos.  Neste momento, é literalmente tudo sobre libertar a mulher, enquanto ainda mantém a roupa perto do corpo.
|Kate Sade|
Deborah Lloyd, a designer da coleção de Kate Spade trouxe um desfile inspirado no Mundo Mágico dos Contos de Fada, e ha indícios das principais características da Kate Spade em toda a linha, versatilidade e diversão. A coleção apresenta cores clássicas como o Branco e o Azul marinho, mas também apresenta pontos de cor com Rosa Pink e Vermelho, Deborah mostra na passarela bolsas e vestidos com desenhos de raposas selvagens, pelagem, bolsas em formato de caixas de chocolate e laços enormes por toda a linha.



|Zimmermann|
Mantendo-se fiel à sua visão de criar apenas o melhor que representa a feminilidade sofisticada,combinações de cores inteligentes e estampas originais delicados marcam a coleção, com saias fluidas, golas altas e túnicas puras. Nós assistimos uma alteração do esquema de cores, do branco ao preto, passando pelos azuis.
|Rebecca Minkoff|
Há uma razão para a marca ser uma das favoritas de Lauren Conrad, Keira Knightley, Ashley Greene e Reese Witherspoon. A coleção de Rebecca Minkoff foi inspirada para dizer o mínimo, homenageando a década de 1970, que é toda envolvida em raiva. Há algo muito Wild  West sobre a coisa toda, a partir das botas com franjas para os chapéus de cowboy abas largas, as camisas rendadas com o efeito vestido.
 
Os três primeiros dias de desfile já atrairam bastante gente, como esse pessoal aí em baixo:
Ainda temos bastantes dias de desfiles e muitas coleções pra ver! Durante essa semana voltamos com os próximos destaques pra vocês conferirem e logo mais com as edições do evento em Londres, Paris e Milão.
 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: