Alinhamento cósmico

Em certos momentos me pego aflito, pensando realmente o que eu estava fazendo ali. Não aqui ou lá, mas sim ali. Uma fração de segundos, tal  unidades de medida angular usada também para medir intervalos tempo. E foi nesse hiato que a duração de “pensar em você”, se estendeu.  O estado atmosférico de todas as coisas podem ter contribuído, como a cor do seu jeans desbotado ou o estado desordenado que a chuva caia naquela noite de novembro. Tanto faz.

Não me refiro à um certo você. É ele, ela, nós, aquele, aquela. Não me importo. É tanta gente querendo ser gente, que o trânsito de qualquer naquela manhã me distrai. O que adianta correr a distância de 1/86400 da circunferência terrestre atrás do que quero ser, se não estou satisfeito com o que sou.

Por mais que estejamos sobre um alinhamento cósmico, é difícil prever o que vem por aí. Os passos novos são dados em cima dos velhos. Enquanto isso eu fico aqui, em estado de sítio, tentando entender como faço pra atravessar cada ponto de hemisfério do seu pensamento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: