Para tudo e vem assistir o doc “Girl Rising”

Uma das coisas que eu nunca vou me cansar de fazer, é a de assistir documentários! Graças as idas e vindas da vida, acabei me deparando com “Girl Rising” e hoje já vejo o doc como bagagem cultural obrigatória! Ele conta a história de meninas de várias partes do mundo, que buscam à melhora da qualidade de vida através de educação, mas e o melhor de tudo isso: elas acreditam que podem mudar o mundo! 

A educação é o grande pilar da história, mas a ideia do documentário é simples: mostrar que mesmo em dificuldades sociais, raciais e políticas, muitas meninas não perderam a esperança de um futuro melhor.

cambodiaselstudio_
Foto: Reprodução

Somos apresentados a histórias de garotas como Azmera, uma etiópe de apenas 13 anos, que mesmo tão jovem fez questão de se impor e recusou-se a casar à força. Conhecemos também Ruksana, uma menina que vive nas ruas da índia, cujo o pai se sacrificou para garantir os estudos das filhas e também somos pegos pela surpreendente Wadley, de 7 anos, que apesar de todas as contradições, nunca desistiu do seu direito de estudar.

girl-rising-girl
Foto: Reprodução

Nele a gente percebe que é possível sim de acabar com injustiças e desigualdades na hora de educar meninos e meninas, mesmo em países onde a diferença entre gêneros é exorbitante e por mim, tudo não “passa” de questões culturais.

girl-rising-netflix-2
Foto: Reprodução
girl-rising-netflix-1
Foto: Reprodução

 

A história da criação do documentário fala por si própria: Segundo um dos produtores, Justin Reever (em entrevista ao G1), a ideia de tudo veio cerca de 5 anos antes do lançamento de ‘Girl Rising’,  onde antes dos ataques Malala Yousafzai, uma garota paquistanesa foi baleada na cabeça pelos radicais do Talibã por defender seu direito à escola. A partir disso a discussão sobre a discriminação de gêneros em diversas partes do mundo ganhou cada vez mais força.

girl-rising
Foto: Reprodução

Uma coisa legal do longa é que podemos ouvir as vozes de Selena Gomez, Anne Hathaway e Meryl Streep, dando vida às personagens. Além disso, depois do lançamento do longa, o dinheiro arrecadado com o doc foi direto para ONG’s que ajudam as protagonistas das histórias e também a diversas outras garotas pelo mundo que não tem o direito de ir à escola concedido.

girl-rising-31-2
Foto: Divulgação/Reprodução

Pra mim,  esse documentário é um investimento de conscientização e cutuca nossa alma, lembrando que existem milhões de realidades paralelas pelo mundo, fazendo você não desistir dele! Separe umas duas horinhas, assiste e depois me conta o que achou! Xo

********  A Netflix infelizmente tirou o documentário do ar, mas pelo menos a gente tem ele no youtube (aqui) , mas só que em inglês! 😦

Gui Assinatura
Insira uma legenda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: