O amor não precisa doer

Depois de muito tempo buscando saídas e milagres, você olha em volta e se vê preso em um relacionamento que é tudo, menos certo. A indecisão de abandonar e a sensação de “ter fracassado” não saem da sua mente, e você suga a última faísca de esperança em fazer dar certo… mas aí, ela se apaga.

Não foi mágica, nem o resultado de promessas… foi só o seu coração entendendo (de verdade), que ele não é obrigado a quebrar todos os dias por alguém que não vale à pena. Ele aprendeu que não precisa quebrar por mais ninguém.

Em meio disso, você para de acreditar no impossível, em busca de respostas mais fáceis e amores simplificados. Afinal, agora pra você, se ele não mudou… ninguém pode mudar. E você leva isso como verdade absoluta, não levando mais à sério o que os filmes e livros dizem sobre o tal amor. Agora esse sentimento é algo distante e você vai esquecendo dos carinhos que seus passos e escolhas te proporcionaram.

A meta agora é ser feliz sozinho, não é mesmo? Aposto que pra provar isso experimentou ir ao cinema desacompanhado, não é mesmo? Pronto, agora sim! A cabeça encontrando paz e o corpo se aceitando mais.

Você vive sem dependência de ninguém, feliz consigo mesmo e aí ele vem… bate na porta de novo e não dói.

Sem se preocupar, com os pensamentos mais claros, você não faz confusão. Você não é mais feito de vidro ou papel. Agora você se ama antes de mais nada, não vai colocar ninguém ou qualquer outra coisa antes de si. Você entende que esse amor pode falhar, mas que ele não vai levar você junto. Agora sim, você está pronto.

Gui Assinatura

Anúncios

Um comentário em “O amor não precisa doer

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: