O que você quer de mim?

Você provavelmente não sabe, mas cada ferida aberta enquanto observo daqui tudo o que tem passado, valeria à pena, se você fosse meu. Toda dor que você sente e todo o amor que eu poderia te dar se tornam incansáveis idéias remotas em minha mente, que fortes como um trovão, prometeram em segredo nunca me deixar em paz.

Por causa de você, eu descobri que eu poderia me entregar a alguém, novamente. Perdi meu medo de andar na calçada sem proteção e de dar mão sem qualquer hesitação. Meu coração estava descalço enquanto você agia como se pisasse em ovos. Essa foi a minha primeira lição.

Eu tentei te socorrer do que talvez você não estivesse pronto para ser salvo. Culpa minha … Talvez. “Sempre a frente do seu tempo”… é o que diziam. Agir como se não houvesse amanhã era algo que nós dois entendiamos bem. Sempre tão firme e inquebrável, como se nada pudesse dar errado… Enquanto eu mal aguentava conter meus pedaços. Acontece que o meu porto seguro se mostrou instável e eu descobri que o errado aqui não era eu.

Eu quero que você saiba que não importa o quanto tempo isso leve, eu sei que você não veio aqui para me machucar. Mas eu preciso saber… O que você quer de mim? Três palavras, apenas três. É tudo o que preciso.  Você diz que é bom com atitudes, enquanto tudo o que eu preciso agora é de um gesto seu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: