Você precisa assistir Riverdale

Hey pessoal! Quando o assunto é série eu tenho apenas duas opções: sou um total viciado ou totalmente apático pelo o que assisto. No caso de hoje, ficamos com a primeira opção e já digo: “Riverdale” é a próxima sensação que promete conquistar seus horários livres (até os que não estarão) e entrar na sua cabeça com todos os mistérios que a série guarda. Pra começar, se liga no trailer:

Intrigante né? A série é situado nos dias atuais e tem como base os icônicos personagens da Archie Comics, quadrinhos de 1941 que fizeram bastante sucesso nos Estados Unidos. A cada episódio de “Riverdale” nos é apresentado uma versão  subversiva desses adolescentes e dos demais habitantes da “cidade perfeita”, explorando o surrealismo do contexto do lugar, mostrando que a maioria ali vive escondida atrás de máscaras. E como ta série que te prende. tudo começa com um assassinato. riverdale-cast-cw

A série toda em si é intrigante e te deixa com o gostinho de quero mais sem ao menos te fazer entender como. Com personagens caricatos e com esteriótipos já montados, ou seja, nada novo, não é problema. A forma como eles se desenvolvem conforme os nós que a trama vai proporcionando a pacta cidade de “Riverdale”, é entusiasmante de se acompanhar.

riverdale-lili-reinhart-camila-mendes
Um minuto pra esse photoshoot na pegada synthwave

Com todo aquele ambiente adolescente que a gente ama, as milhares de perguntas apresentadas pra gente conforme o andar da história, “Riverdale” lembra muito nossa queridinha e veterena “Pretty Little Liars”, que infelizmente nos deixa esse ano. Apesar das semelhanças, a nova produção da The CW traz você para o lado mais sombrio da coisa.

O elenco é de ouro! Lili Reinhart (Betty Cooper) e KJ Apa (Archie Andrews) se juntam a Cassey Cott (Kevin Keller), Madelaine Petsch (Cheryl Blossom) e Ashleigh Murray (Josie McCoy). Mas o destaque aqui vai pra Cole Sprouse (Jughead), no eterno Cody de Zack & Cody: Gêmeos em Ação, que está bem diferente de uns aninhos atrás. Outro ponto legal é que temos uma brasileira no casting, Camila Mendes (Veronica Lodge). Camila nasceu nos Estados Unidos, mas a mãe é de Porto Alegre e o pai de Brasília, onde ela morou na pré-adolescência. Já amo!

Os direitos da série foram comprados pela Netflix, mas ainda não há previsão para ela entrar noa catálogo de programação brasileira. Enquanto isso, a Warner Chanel exibe a série por aqui às 21h40!

E aí, vai ver? Me conta nos comentários o que achou da série e qualquer outra indicação também!

Saiba tudo sobre “Crisis in Six Scenes”, a nova série da Miley Cyrus

Depois de ficar longe da TV desde Hannah Montana, olha aí quem voltou! Hoje foi liberada na Amazon os 6 episódios da primeira temporada de “Crisis in Six Scenes”, nova série do Woody Allen, que traz nossa querida Miley de volta as telinhas! Se eu amei? Sim, amei! Continue lendo “Saiba tudo sobre “Crisis in Six Scenes”, a nova série da Miley Cyrus”

5 séries que vão te ajudar a ter orgulho LGBT

Uma das coisas pela qual eu sou mega apaixonado é assistir série! Se envolver com os personagens com histórias iguais ou diferentes da sua é realmente algo que eu gosto! As vezes é difícil aceitar que é a gente é como a gente é. Sempre rola uma tristeza ali ou aqui, mas xô pensamentos ruins que tem muita coisa pra te inspirar e ajudar a entender que não tem versão melhor de você do que a  verdadeira. Separei 5 séries com temática LGBT pra te inspirarem e mostrar pra você coisas que você talvez ainda não percebeu! Continue lendo “5 séries que vão te ajudar a ter orgulho LGBT”

O que esperar da segunda temporada de Scream Queens

Quem assiste sabe, uma das melhores coisas de Scream Queen são os quotes! É cada frase pra incorporar que meus olhinhos já me emociono e  era minha felicidade, a série voltou pela FOX com sua segunda temporada! O que a gente espera? Mais um milhão de frases pra gente usar com azamigas!  Continue lendo “O que esperar da segunda temporada de Scream Queens”

Você precisa assistir Stranger Things

Advinha quem passou os últimos dois dias fissurado no Netflix que nem um doido? Pois é! Na última sexta-feira (15) o provedor de conteúdo via streaming estreou sua mais nova série exclusiva de ficção científica “Stranger Things” e eu estou perdidamente apaixonado por ela! A história que se passa na década de 80, gira em torno do desaparecimento de um garoto, um laboratório secreto e as consequências das coisas que acontecem por lá. Continue lendo “Você precisa assistir Stranger Things”

Ellen Page mudando o mundo com a sua “Gaycation”

Oi gente! Hoje vim falar de um assunto que eu acho super interessante e que está ganhando a atenção de muita gente por aí. “Gaycation” é um documentário forte de cunho cultural e político-social produzido pela atriz canadense Ellen Page. Em formato de série ele visa mostrar o que é/como é “ser gay” em diversas partes do mundo e claro que o Brasil não poderia ficar de fora. Continue lendo “Ellen Page mudando o mundo com a sua “Gaycation””

Quase formada em direito pela Netflix

Oláa, basiquetes! Sou completamente apaixonada por séries que envolvam direito como tema principal, as investigações criminais, os laudos periciais, conspirações, as defesas nos tribunais, os julgamentos e soluções dos casos me enchem os olhos e me viciam a ponto de preferir não sair de casa hahahahah, e como sempre me pedem indicações de séries- afinal, devo assistir em torno de umas 30! Aqui vão as minhas favoritas nesse estilo “penal”. E a melhor parte?? todas estão disponibilizadas no nosso queridinho Netflix! Continue lendo “Quase formada em direito pela Netflix”

Um amor de série chamado Shadowhunters

Oi gente! Vim aqui falar hoje de uma série que não sai da minha cabeça nos últimos tempos. Tô falando de “Shadowhunters”, baseada  na série literária “Os Instrumentos Mortais” de Cassandra Clare. O melhor de tudo: Tem episódio novo a cada semana no Netflix! Continue lendo “Um amor de série chamado Shadowhunters”

Conhece The Royals, a nova série do E!?

Estamos viciados em The Royals! Essa é a primeira série produzida pelo canal pago EEntertainment, que é responsável por Keeping Up With The Kardashians e Fashion Police (que eu amo, haha), o time da Lionsgate TV, entrou em conjunto na produção de série e foram eles que fizer One Three Hill se tornar o sucesso que é hoje, e esperamos que The Royals tenha o mesmo destino, a série estreiou dia 15 de março nos EUA, e tem uma temática que nos lembra Gossip Girl misturado com um pouco de monarquia, e já    começa com tudo que a gente gosta: festas, gente bonita, dramas pessoais, romance, roupas de grife e muitooooo luxo

Continue lendo “Conhece The Royals, a nova série do E!?”

Younger, a mais nova série sobre gente nova

Gente série nova no ar! Eu estou apaixonado pela nova série que a Hilary Duff protagoniza. ”Younger” é tão boa quanto aparenta. Ela acompanha a vida de Liza (Sutton Foster), uma mulher quarentona, mãe e recém divorciada, que não consegue entrar no mercado de trabalho por causa da sua idade. Com ajuda de uma amiga, Maggie (Debi Mazar), ela faz uma repaginada em si mesma e decidi mentir a idade, fingindo ter 20 e poucos anos. Logo consegue o tal emprego e torna-se assistente da editora Diana (Miriam Shor) e colega de trabalho de Kelsey (Hilary ~deusa~ Duff ), e lógico, troca altos flertes com seu vizinho Josh (Nico Tortorella)

Continue lendo “Younger, a mais nova série sobre gente nova”

Os melhores covers de Glee


Com 6ª temporada, dá pra imaginar quantas regravações a série já produziu ? Pois é foram mais de 100 epsódios , tornando ainda mais díficil separar as minhas 15 performances favoritas. Eu não listei em ordem de preferência, porque já foi difícil selecionar então imagina classificar Hahaha. Então confira as músicas que eu mais gostei e ouvi durante esses seis anos de Glee. 

 

Continue lendo “Os melhores covers de Glee”

O que podemos aprender com Glee durante 6 anos

Durante 6 anos o seriado Glee propôs uma união bem diversificada de sonhos e sentimentos. Indo a fundo no que é realmente ser adolescente/jovem e ter que uma hora sair da sua zona de conforto, a chance de enfrentar obstáculos para ser quem realmente você nasceu pra ser, é tentadora. Tudo fica mais harmonioso e encantador quando os rostinhos, com quem nos identificamos as vezes, envolvem-se totalmente com a música e apresentam uma versão mais personalizada do som que muitas vezes passam despercebidos ao nossos ouvidos. Mas nada é eterno, e nessa sexta (20) a série chega ao fim, com um especial de duas horas para encerrar a trajetória dos queridos personagens. Pra mim, Glee foi bem importante e grande responsável por me apresentar grandes clássicos, assim nada mais justo do que um grande especial para homenagear a série no decorrer da semana.

Continue lendo “O que podemos aprender com Glee durante 6 anos”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: